domingo, 2 de fevereiro de 2014

Por vezes assusto-me com a minha própria negligência. Eu talvez serei demasiado medricas para agir como um rebelde mesmo. Mas bom, e que tal um brinde? 
Afinal de contas, há arranhões que parecem ter ganho vida, um brinde à desgraça.

12 comentários:

  1. r: problema é que não viram, saíram à minha frente -.- mas tasse bem :p
    como te compreendo, se precisares falar estou aqui :)
    bjinhos*

    ResponderEliminar
  2. Um brinde às chagas que crescem e nos fazem crescer...com elas o medo vai evaporando...

    Beijo :)

    ResponderEliminar
  3. R: Oh, muito obrigada <3 A sério. Não chores, pensa nas coisas boas que essa pessoa te proporcionou. de certeza que os teus pais sabem bem isso* Um beijinho, eu também estou aqui*

    ResponderEliminar
  4. Acontecer o quê ?!
    Sinhe *-*
    Bjinhooos **

    ResponderEliminar
  5. A realidade é evolutiva, o que pode ser mau hoje pode não o ser amanhã!

    ResponderEliminar
  6. Ahh isso, não vai acontecer assim tão depressa :p
    Acho giro esse teu interesse todo, e não me importo :b
    Bjinhos **

    ResponderEliminar
  7. não foi propositado, eu não fui andar por isso fecharam a porta e eu estava dentro. Mais um momento de riso pois fiquei pasmadissima e seguiu com os olhos/cabeça ahhaha :p

    ResponderEliminar

Deixa a tua opinião, é sempre bem-vinda.