quarta-feira, 2 de abril de 2014

São atos destes que fazem a diferença na vida de uma pessoa

Ao ver isto, vou dizer que me tocou. Provavelmente porque quando saio a noite e tenho vezes que vejo pessoas assim na rua, deixa-me triste. Cada vez que passo por uma pessoa sem-abrigo, e se tiver algo que possa deixar, deixo. Pode não ser muito, mas tento ajudar da maneira que posso sem pensar duas vezes. Penso também, como é possível haver pessoas que tudo têm mas mesmo assim ainda reclamam e se queixam do que têm, quando uns nem comida e ninguém os ouve? 
Não sou pessoa de criticar ou julgar, e há casos e casos, mas muita gente na minha opinião devia se calar e ter vergonha na cara quando falam que a vida é uma porcaria por quererem e não terem um iphone, tablet e coisas sem necessidade como já vi. Enquanto não pensam que cada vez são mais pessoas a ir ao lixo para ver se há comida, outras que nem roupa têm e andam com a mesma, ou quantos morrem por passar fome. Outros que passam noites sozinhos, quando nós temos uma casa que nos abrigue, uma família que nos ame, e estes ninguém têm para os apoiar. Desculpem a minha revolta ao escrever isto, mas são atos destes como no vídeo que fazem a diferença na vida de uma pessoa.

26 comentários:

  1. Existem casos e casos, alguns deles olhamos a verdadeira situação, o quanto ela é critica e se podemos, porque não ajudar? Em outros, vemos que as pessoas chegam a um ponto desacreditável, como?

    ResponderEliminar
  2. sabes, não poderia concordar mais contigo e isto tem a ver com aquilo que estavamos a falar a pouco! a verdade é que há muita gente e conheço mesmo muita gente que faz birrinhas por nao ter tudo o que quer e depois olhas para o que têm e têm mesmo muita coisa, têm quase tudo e isso deixa-me chateada mas tipo suuupeer chateada

    ResponderEliminar
  3. Desculpa se o texto for longo , mas falando no caso do nosso país, como todos sabemos a crise propicia ao empobrecimento da população,logo é muito mais usual ver sem-abrigos do que antes,e sem dúvida que entristece. Eu considero que estas pessoas são umas verdadeiras guerreiras e que passam muito mais do que outras pessoas alguma vez passaram. Em vez de venerarmos certas pessoas com um estatuto social elevado ou importantes, deveríamos sim venerar estas pessoas, que fazem de tudo para poder ter algo que sacie a fome e não para poder ter estatuto ou imenso dinheiro que gasta em bens materiais. Devíamos agradecer todos os dias por termos um teto,uma cama quentinha, uma familia á nossa espera e comida na mesa. Para as pessoas que desprezam os sem-abrigos pensem, e se um dia o mundo dá uma volta 180º e quem passa a não ter um teto são essas mesmas pessoas que desprezaram. Adorei o vídeo, faz pensar e é muito comovente.

    ResponderEliminar
  4. Desequilibrada como ando, fiz mal ver este vídeo. Chorei. Eu confesso, não costumo ajudar. Só ajudo mesmo em casos extremos mas, felizmente na minha cidade, não me cruzo com muitos sem-abrigos. Acho que sim, as pessoas devem ajudar. Nem que seja 20 cêntimos mas só isso, dado por uma pessoa é pouco. Todos nós devíamos ajudar e acredita, os pobres ajudam mais que os ricos ou os supostos ricos.

    ResponderEliminar
  5. É uma coisa que me custa imenso, ver pessoas a "morar" na rua... É por isso que sou muito grata por ter o que tenho... Estas coisas deixam-me muito comovida...

    ResponderEliminar
  6. Mesmo. Quando posso ajudo sempre as pessoas mesmo sendo pouco faz sempre diferença.É tão degradante ver isso, acho que nenhum de nós imagina o que é sentir isso na pele ainda por cima com este tempo rigoroso, fico de coração partido quando vejo estas situações aqui há uns meses estava a passar de carro e vi uma senhora idosa e um menino pequeno de volta do lixo não deu para parar mas fiquei a pensar naquilo durante uns dias, acho que é lamentável ver por vezes crianças a competir para quem vai ter um jogo primeiro que o outro ou simplesmente a verem quem compra uma peça de roupa. O quando andam meramente de telefone ou tablet na mão e não querem saber do que se passa a volta deles. Já tinha visto o video ainda bem que há pessoas assim.
    p.s desculpa este desabafo mas este assunto é mesmo revoltante e o texto enorme.
    Beijinhos

    http://retromaggie.blogspot.pt/

    ResponderEliminar
  7. Concordo completamente com cada palavra escrita, Às vezes queixamo-nos sem razão alguma !!! Há sempre alguém pior.. :c

    ResponderEliminar
  8. Confesso que quando comecei a ver o video pensei que iam tratar mal o senhor :| mas olha, gostei bastante do ato que fizeram! Até o acho que deveriam ter feito sem máscaras.. :)
    Quanto ao teu texto, percebo muito bem isso e sinto o mesmo. Confesso que esta coisa de ajudar o outro só me despertou em mim quando comecei a fazer voluntariado, porque de resto passava ao lado dos sem-abrigo e ignorava. Há vezes que o faço, porque ver certas coisas também faz reviver momentos muito maus e imaginativas no mau sentido.
    Entretanto, com o que escreves-te lembrei-me de uma boa ação que fiz no ano passado :p ora então, (como tu sabes) eu vivo na camacha e estudava no funchal, e lá é onde há sem-abrigos a sério. e num dia que eu acordei tarde (típico), nem tive tempo de comer e coloquei um pacote de bolachas na mala (e eu deixei para comer mais a meio da manha com calma, porque se eu comer no autocarro fico maldisposta).. quando estava com uma amiga minha a ir pra escola, encontrei um senhor no chão, no preciso momento em que eu ia abrir as bolachas, vejo-o com uma lata (nem me lembro de era de feijão ou grão de bico) e estava a entornar a lata, quando vi que não tinha nada lá dentro fiquei paralisada! a minha amiga começou a rir do senhor e eu disse "vou ir ali" e ela "vê se ele se ofende e vai pra cima de ti", nem tive reação, fui ao pé dele, estiquei a mão com o pacote de bolachas, ele olhou e eu "é para si" e ele aceitou e disse muitas vezes "obrigado, obrigado, obrigado..." fui-me embora e ia sempre olhando para trás para ver se ele ia comer ou deitar fora, porque eu cá estava mesmo com fome e nem comi nada por ele. mas fiquei feliz, porque vi-o a comer uma bolacha pelo menos :))
    Falando de pessoas sem abrigo e que têm coragem para tudo e mais alguma coisa, tens que ver este video da LG https://www.youtube.com/watch?v=s9M-ogamuaU . Se é preciso ser forte para seguir em frente e poder levar com tudo o que a vida nos dá (sejam coisas boas ou más), há que se ter orgulho por quem nos trouxe ou mundo e lutar por elas até ao fim, seja com ajuda de outras pessoas, ou não :)) Aproveito para te dizer que fiz deste video um momento de reflexão no meu grupo de jovens, numa altura em que o grupo estava a ser desvalorizado e as pessoas deixadas para trás. Porque há que fortalecer grupos e pessoas de quem gostamos e este video só nos veio fazer perceber isso um bocadinho melhor!
    Bem, acho que disse-te todas as coisas que queria dizer :))

    Um beijinho gigantee *
    já gosto mais de ti, só por mostrares que tens um coração maior a cada dia ♥

    ResponderEliminar
  9. ahahhah toto' :p
    Oh, também tenho os meus momentos :)

    ResponderEliminar
  10. R: Também é o primeiro trabalho de grupo deste ano lectivo por isso vou dar um desconto e ter mais paciência.
    Sim já pode não ser considerado diferença, mas quase de certeza que sou muito mais nervosa que tu, é que eu penso demasiado nas coisas e isso faz com que seja mais nervosa em certas situações.
    Oh , é sempre bom fazer isso, os nossos melhores amigos são quem confiamos e partilhamos tudo. Eu á minha faço-lhe partidas e ela cai sempre, é super engraçado. É uma rapariga? Tens melhor amiga ? ou é melhor amigo?
    E falas sim, tu tens sempre razão nas tuas ideologias que são muito corretas.
    Pode ser 4, porque eu faço 16 este ano, logo se já tiveres feito 20 este ano, é só 4 , se não é 5, ahah.
    Exatamente, aí é que eu gostaria de ver como reagiam. Num dia temos casa e tudo de bom , mas no outro já poderemos ter de viver na rua.
    Um aparte : Vou passar 3 dias ao Porto ! xD No final de Abril!

    ResponderEliminar
  11. Já conhecia o vídeo e é qualquer coisa :')
    Na Baixa há tantos sem abrigos que sempre que lá vou volto de coração partido :(

    ResponderEliminar
  12. "Penso também, como é possível haver pessoas que tudo têm mas mesmo assim ainda reclamam e se queixam do que têm, quando uns nem comida e ninguém os ouve?"... Assisto a isso tantas vezes... revoltava-me tanto.

    ResponderEliminar
  13. O mais incrível é que enquanto nos estamos a esta hora em frente a um computador ou até mesmo quando passamos horas nisto e que nesse preciso momento estão pessoas a morrer de fome e de frio, só querendo uma simples casa como abrigo** é horrível saber que existem pessoas tão infelizes por ai e há outras que têm tudo para serem felizes e estão sempre a se queixar pela mínima coisa :x
    R: O problema é que já tenho exames em Maio e posso te dizer que até agora ainda não estudei nada...xs

    ResponderEliminar
  14. r: realmente tens razão :p eu de volta! e quem tinha razão eras tu ahah calhouu! ♥

    ResponderEliminar
  15. Oh obrigada pelas tuas palavras.
    Se quiseres podes me procurar no facebook estás a vontade.
    beijinhos e um bom fim - de - semana

    http://retromaggie.blogspot.pt/

    ResponderEliminar
  16. Ainda não recebi o pedido de amizade quando receber depois aceito :)

    ResponderEliminar
  17. r: o que disseste foi lindo :') e é verdade, a amizade é mesmo isso!
    tens toda a razão, a culpa é de quem lhes dá a educação!

    ResponderEliminar
  18. R: Concordo, mas ás vezes não sabemos quem verdadeiramente vale a pena.
    Eu sei , eu sei, e tentarei, sem dúvida que sim, já tive trabalhos de grupo que correu tudo bem.
    Sim e eu divirto-me tanto mais ela e depois a parte boa é que temos qualidades e defeitos semelhantes mas ao mesmo tempo diferentes, por exemplo somos as duas divertidas, mas em contextos diferentes. Podes crer que é. Ah que bom , eu adoro quando são melhores amigos , um rapaz com uma rapariga, pois a mentalidade de um rapaz é diferente de uma rapariga, então a sintonia entre ambos é interessante.
    Exatamente, 100 % de acordo.
    Eu vou para o centro da cidade acho, zona mais histórica. São três dias para visitar e conhecer melhor a cidade, sinceramente estou ansiosa é que eu conheço apenas minimamente o Porto e quero conhecer melhor.

    ResponderEliminar
  19. já tinha visto este video e também me tocou imenso , por mim ajudava toda gente que vive na rua e por mim nem sequer havia pessoas a viver na rua , é um assunto que mexe comigo e com qualquer um de nós. Devíamos dar mais valor ao facto de termos comida na mesa , casa e familia que nos dá amor , é o que há mais de importante na vida !

    ResponderEliminar
  20. Pedrocas, entendo perfeitamente porque é que este video te tocou, :( partilho exatemente da tua opinião.
    beijinho grande ♥

    http://naervilhadapolly.blogspot.pt/

    ResponderEliminar
  21. r: é, mas duvido que este volte a acordar da parte dele :s
    feliz feliz nao estou, mas estou muito bem e isso é o que me importa mais neste momento :D

    ResponderEliminar
  22. R: Eu sei ,eu sei ,nem eu quero ver isto em mim. Foi um momento mau, já passou.
    Eu ainda nem acredito que fiz, nem sei o que é que ele ficou a pensar, meu deus, eu nem consegui alongar a conversa, é que não consegui mesmo estava demasiado nervosa.
    Pois não , ás vezes quem achamos que mais podemos confiar é quem nos "espeta a faca nas costas" , e eu já tive provas disso.
    Sim, sem dúvida que é muito bom.
    Depois se souber com mais precisão o sítio eu digo-te. Agora só sei que é para visitar os monumentos e uma cave de vinho. :)

    ResponderEliminar
  23. r: sim é verdade , nem a todos toca e por acaso só me apercebi disso á pouco tempo , infelizmente eu continuo a achar que as pessoas são todas boas e cada vez mais me apercebo que isso é só uma ilusão , que há cada vez mais pessoas más e egoístas. É verdade , eu acredito que todos nós pagámos por aquilo que fazemos e dizemos , essas pessoas ainda vão ter filhos e netos que lhes podem acontecer todo o tipo de coisas e quem diz injustiças perante sem-abrigos diz injustiças perante ouros assuntos também graves.

    ResponderEliminar
  24. Pois é, mas a realidade é mesmo assim :x
    Por incrível que te pareça não sou a única a ainda não ter feito nada**

    ResponderEliminar
  25. Tenho que concordar muito contigo, mas sabes que infelizmente a culpa também é dos pais que educam essas pessoas. Eu sou um pouco egoísta, mas não me queixo por não ter um telefone xpto, ou não ter roupas caras, ou por isto ou por aquilo. Se quero e não tenho à que trabalhar para consegui-lo. Contudo, nem tudo na vida são materiais.
    A sociedade está a descambar para um beco sem saída.

    R: Tudo se consegue com esforço e quando meto uma coisa na cabeça não há quem me a tire. :)

    ResponderEliminar

Deixa a tua opinião, é sempre bem-vinda.