quinta-feira, 21 de agosto de 2014

Mini espetáculo de magia

Mudança.. Algo que por muitas vezes que mais boa que seja, temesse, mas é algo não se pode impedir de vir ou até de pensar nela. Decidi então guardar toda a negatividade numa caixa e levar comigo. Criei o verdadeiro cenário de fazer um mini espectáculo de magia num parque, como vemos nos filmes. Usei a caixa para fazer alguns truques tirando essa negatividade e transformando-a em coisas positivas. Fiquei admirado porque estava a cativar a atenção e a trazer alegria e sorrisos nos rostos de quem via, e a medida eram cada vez mais pessoas que já nem conseguia saber o número exacto. Terminei e reparei numa menina que estava ali sozinha e triste. Aproximei-me dela, baixei-me para estar a altura dela e perguntei-lhe o que tinha, e responde-me "Sabes algum truque para se ser feliz?". Olhei para os olhos dela, e vou ser sincero que fiquei sem saber o lhe dizer. Fui ao bolso retirei uma moeda e fiz-a desaparecer. Perguntou-me a menina como fiz eu aquilo. Ergui-lhe o queixo e expliquei-lhe que nenhum mágico revela o seu segredo, e que não há truque para se ser feliz, a não ser-mos nós o motivo da nossa felicidade sem dependermos de alguém. Ela fez aquele olhar de confusa sem perceber muito bem o que quis dizer. Fui atrás da sua orelha, retirei-lhe a moeda e dei-lhe para ir comprar um gelado. Nesse dia posso ter ficado sem a moeda mas fiquei a ganhar algo muito maior, que foi por um sorriso na cara dela. E não há nada melhor do que ver aquela menina a correr alegremente como se fosse o dia mais feliz da sua vida.

É engraçado porque apesar de não o ter vivido algo assim, só de imagina-lo fez-me sentir feliz.

26 comentários:

  1. Óhhhhhhhhhhh, que lindoo Pedro!
    r: sim, és uma das pessoa que conheço e tu a mim :D

    ResponderEliminar
  2. Que belo texto dá para ver a alegria expressa pelas tuas palavras :)
    r: sim o concerto foi demais :D
    beijinhos
    http://retromaggie.blogspot.pt/

    ResponderEliminar
  3. O que é que há a dizer? Eu não sei, foi tudo dito.

    R: Hahah olha que não me importava, eu a fazer isto sozinha dá-me é vontade de não fazer nada, mas eu sei que tenho de fazer.
    Tenho sim e não apanhas.
    Tu estiveste a viver em França? Eu também devia saber falar minimamente já que eu quero visitar o sul de França.
    Basicamente, sim. Eu em termos de monumentos é que não sou a melhor pessoa, porque eu não os visitei todos e não sei a história de todos. É que como vivo lá perto o que eu vou lá fazer não é nada de lazer e só passear, eu tenho lá uma parte da vida e vou mais em "trabalho". Mas podes pedir sempre informações que quiseres. Obrigatório ver a Biblioteca da Universidade e passear pelo Parque Verde!
    Hahah, pois.

    ResponderEliminar
  4. Fiquei com o sorriso na cara depois de ler este post. Fizeste muito bem em fazê-la sorrir :)

    ResponderEliminar
  5. Um truque que toda a gente gostaria de saber...
    Saudações poéticas!

    ResponderEliminar
  6. ohh também fiquei com aquela carinha de parva, toda feliz :p

    R: Haha não, ela já sabe que estou sempre a gozar com tudo :)

    ResponderEliminar
  7. Oh, que querido Pedro! Gostei imenso do que fizeste :)

    ResponderEliminar
  8. A alegria das crianças é o melhor que temos no Mundo.
    R: Por um lado tens razão, mas por outro não sabes... Acho que nunca vai haver alguém em quem se possa confiar totalmente tudo o que precisamos...

    ResponderEliminar
  9. excelente! não tenho palavras. o texto sim, é mágico.

    ResponderEliminar
  10. Que gesto tão simpático! :)
    Beijinhos*

    ResponderEliminar
  11. sou apologista que a felicidade está nas pequenas coisas, e nos pequenos gestos que fazemos com gosto.
    são gestos como esses que definem a felicidade e que nos ajudam a ser felizes, esse texto não podia espelhar melhor a minha definição de felicidade!

    bjxxx

    ResponderEliminar
  12. R: Eu a ler " se te visse a fazer tal coisa" e eu a pensar "vai dizer que sou maluca", mas afinal iria ter companhia xD Era interessante ver-te a cantar e a dançar , mas tens de dançar sempre nas linhas brancas, é muito melhor e tem de estar aquele ventinho suave.
    Olha que isso é bom que eu não tenho tido apoio moral nenhum, a minha mãe que me disse que eu é que devia começar a ter cuidado para não engordar e ela é que me mete as coisas boas á frente. xD
    Não vais conseguir é que nem precisas de tentar. xD
    Na minha opinião não faz falta, o espanhol está a ganhar ao francês foi por isso que eu o escolhi quando fui para o 7º. xD E Inglaterra? Oh meu deus! Foste a Londres? Eu adorava ir aí, é a terra da Lesley Pearse ( minha escritora favorita de romances) mas não vou infelizmente por causa do meu medo de aviões.
    Quero mesmo muito em especial Mónaco ( já passei por lá *-* mas não visitei a sério), Monte Carlo, Saint-Tropez e Cannes , isto tem tudo mais a ver com os livros, pronto eu confesso há uma escritora que escreve romances policias e ela tem preferencia no sul de frança e eu quero visitar todos os sitios dos assassinatos que ela falou já que são reais. E também experimentar a comida que o meu pai diz que é uma porcaria e as paisagens.
    1º são os meus dois sitios favoritos xD 2º A biblioteca, mais conhecida por biblioteca joanina devido ao rei D.João V é linda, tudo em talha dourada, o teto é maravilhoso com as pinturas, imensos livros e muito antigos eu até acho que está lá o tratado de versalhes, é muita história se calhar não gostas mas pelo menos para apreciar é muito bom. E o Parque Verde porque é o parque maior da cidade com uma extensão enorme em que passa o rio Mondego em que tem duas margens uma tem as esplanadas , cascata e do outro lado dá para fazer praia e essas coisas, é um sitio relaxante durante a tarde para se estar lá um bocado e ás vezes têm atividades para as pessoas, é muito giro. Ah e depois há o jardim botânico que tem uma árvore com mais de 150 mil anos ou então é 150 milhões de anos, é lindo! A falar disto assim só de dá mais orgulho *-*

    ResponderEliminar
  13. Há textos que trazem felicidade. Este é, sem dúvida alguma, um deles.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. resp: Não tinha como não achar. Obrigada pelo nome da música. Gostei realmente bastante.

      Eliminar
  14. R. 1º eu faço cada texto aqui a falar que depois quando publicas eu até me assusto :o
    Hahah, está bem, é mais ou menos a partir das 22h ou assim, os dias é que depende.
    Tu também? Tudo a cuidar da linha! Eu antes também tinha cuidado com o que comia, tirando beber imenso sumo e comer bolachas enquanto estudava e a preguiça de fazer exercicio é a 99%, o 1% é para as aulas de educação física. xD
    Que giro, adorava visitar! Ai eu não vou, não só se for com comprimido para dormir no avião e não posso acordar a meio tem de ser até ao fim.
    Um dia visita, a cidade é uma cidade mais histórica. A única coisa pior é os resultados da Académica, deviam ser melhores xD

    ResponderEliminar
  15. Este texto conseguiu mesmo animar-me... É incrivel como as coisas simples nos trazem felicidade!

    Bjxxx

    ResponderEliminar
  16. R: Eu sei que sou parva e ás vezes parece que não bato bem da cabeça, mas eu adorava fazer coisas que normalmente nunca iria fazer. Eu nunca pintaria assim o cabelo porque iria assustar a minha terra inteira, mas gostava para ser diferente e fazer certas mudanças, para quando olhar para trás ter a sensação de que experimentei todas as coisas boas que eu queria. É estranho, eu sei, mas eu também sou estranha.
    Eu escrevo os comentários cá no teu blogue e depois quando venho cá e olho para o comentário no fim de tu o publicares , assusto-me porque nem me apercebo de que escrevo tanto quando estou a "falar" contigo.
    Boa ideia! :)
    Hey, eu não tenho culpa, sim? xD A culpa é da educação dos meus pais e do facto de eu ser psicologicamente meu pai e ele também ser um grande preguiçoso. xD
    Sim , claro mas para isso tenho de ter muito dinheiro que eu quero visitar muitas coisas. Vê lá tu que eu quero visitar o Palau que fica na Micronésia ( Filipinas, por aí). É o que eu digo, eu devo ter nascido com o cérebro virado do avesso. xD

    ResponderEliminar
  17. Olá, de novo!
    Andei a ver se achava o seu mail para dizer-lhe mais alguma coisa sobre Circunciclo.
    Terá de ser aqui.
    Ele será apresentado na Feira do Livro de S. Paulo, no stand da Editora Mágico de Oz
    (conforme cartaz no meu blog). Depois, em Outubro.será apresentado em Lisboa, no Museu do Oriente, durante uma Gala, promovida pela Editor. Só nessa altura saberei se e onde vai estar à disposição do público, em livrarias de Portugal . O preço que fixaram foi de 30 reais, no Brasil e 10 euros, em Portugal.
    Mas eu tenho ainda alguns exemplares (que sobraram da Feira do Livro de Autores de Lagos), ao preço do lançamento, e a título promocional e que inclui oferta de livro mais antigo.
    Se achar bem, então me dirá.
    Forte abraço.

    ResponderEliminar
  18. r: fazes bem em tentar a tua sorte :p e sim o meu nome começa por C :)

    ResponderEliminar
  19. R: Tens razão mas não sei se aparece assim, quando aparecer apareceu... Obrigada, beijinho

    ResponderEliminar
  20. Depois do teu texto eu fico mesmo a acreditar que existe um pouco de magia no mundo!

    Bjxxx

    ResponderEliminar
  21. como com um simples gesto podemos fazer sorrir os outros :)) que gratificante!

    ResponderEliminar
  22. Oh, que querido Pedro! Este texto fez-me sorrir :)

    ResponderEliminar
  23. Se pudéssemos ter a capacidade de colocar tudo de negativo numa caixa e transformar em coisas positivas já seria um bom motivo para sermos felizes :)

    Fiquei com uma boa sensação depois de ter lido este teu post :) parabéns!

    ResponderEliminar

Deixa a tua opinião, é sempre bem-vinda.