sábado, 29 de novembro de 2014

Deixa as palavras voarem (4)

Na 4º e última semana o tema é Silêncio no desafio da Adelisa do blog, Uma Pérola no Deserto.
Silêncio. Sim, hoje vou falar de ti. Talvez já te tenha dito várias vezes que és o meu melhor amigo, e sabes perfeitamente que não gosto de repetir várias vezes a mesma coisa. Ok, lá estou eu a exagerar outra vez, mas eu não te troco por nada nem por ninguém. Prefiro confiar em ti do que no turbulento barulho que me persegue todos os dias, porque já deu para entender que ele tem qualquer coisa para me contar. Mas por mais que tente dizer eu não o consigo entender. Se fosse como tu, que todas as noites estás presente sem nunca ter falhado, que me percebes naqueles dias sem eu dizer uma única palavra, que me ouves e observas com aquela delicadeza que me arrepia e desperta aquele suspiro tenso e profundo. Mesmo agora, estás ao meu lado sentado e encostado à minha almofada, entrelaçado nos meus lençóis cinzentos que a minha mãe pôs hoje a ver eu a escrever isto para o desafio da Adelisa. Apetece-me falar contigo mas é melhores ires descansar, por isso, dorme em paz porque deves estar cansado de lidar com a agitação do dia de hoje. Amanhã falamos novamente, e sim, eu sei aonde te posso encontrar.

É costumo dizer que o cão é o melhor amigo do homem, nesse caso o silêncio também pode ser o meu.

38 comentários:

  1. Tiraste-me as palavras da boça, é mesmo isso que eu acho :)

    ResponderEliminar
  2. O silêncio pode ser amigo ou inimigo. Tudo é relativo. Mas, com certeza, silenciar, muitas vezes é ser sábio!!

    Beijoo'o

    ResponderEliminar
  3. Muito bom! O silêncio é muitas vezes mal estimado por gente que o atropela, falando demais :)

    ResponderEliminar
  4. Gostei muito do texto. Tudo o que disseste é aquilo que eu acho :)
    R: Obrigada, depois digo-te como correu! :)

    ResponderEliminar
  5. O silêncio é, muitas das vezes, o grito mais forte :)
    Escreves muito bem, Pedro!

    Obrigada pelas tuas palavras! beijinho :))

    ResponderEliminar
  6. r: Acho que é assim que todas as famílias deveriam ser - com um pouco de loucura, mas sempre unidas...
    Vou ficar à espera desse dia!
    Obrigada * :)

    ResponderEliminar
  7. Também sou bastante próxima do silêncio. Melhores amigos, não sei. Mas confidentes, de certeza!

    ResponderEliminar
  8. r: Exatamente. E é pena quando assim não o é!
    Ah, assim gosto mais. Fica combinadíssimo!

    ResponderEliminar
  9. Aprendemos tanto em silêncio!

    r: Verdade, quando vi aquela imagem só pensei "é mesmo isto"

    ResponderEliminar
  10. O silêncio é sem duvida importante na nossa vida, mas também é necessário existir o barulho. Afinal nada é bom em excesso. Obrigada pela participação.

    ResponderEliminar
  11. R: Muito obrigada, Pedro :)

    Gosto muito de estar em silêncio. Só eu e os meus pensamentos.
    Gostei muito do texto :)

    ResponderEliminar
  12. sou como tu, também vejo o silêncio como um amigo (:

    ResponderEliminar
  13. O texto esta incrivel. Parabens :)

    r:eu normalmente era uma defensora dos samsung xD maaaaas acabei por me render ao Iphone
    btw agora ja me podes seguir nas redes sociais, da uma vista de olhas pelo blog :b

    ResponderEliminar
  14. Tão verdadeiro amigo Pedro do Porto a minha cidade, aquela que amo de paixão.
    Kis:=)

    ResponderEliminar
  15. Eu adoro o silêncio. Aliás todos os dias tenho de ter um pedacinho de silêncio onde sou só eu e ele. Se isto não acontece começo a ficar facilmente irritada

    ResponderEliminar
  16. gostei muito do que li e concordo contigo! :)

    ResponderEliminar
  17. Silêncio, como eu adoro o silêncio que me afoga os pensamentos...
    Obrigada penso que já estava na altura de me dar um pouco a conhecer à minha família do blog!
    Peço desculpa por não ter estado muito presente nos últimos tempos mas têm sido tempos difíceis. É só passar esta semana e a minha presença na blogosfera volta a ser mais regular :)

    ResponderEliminar
  18. O silêncio muitas vezes é a melhor resposta :)

    r: oh se sou ! Tudo bem , ou então manda para o e-mail que está no separador "As*" e eu depois envio-te ! Eu não vou desanimar, sei que independentemente de onde ele esteja está a olhar por mim :) Eu até quando não quero , tenho umas saídas assim um pouco estranhas ! Para tu veres, há dias estava no café com o meu namorado e mais amigas/os nossos e alguém falou em papel higiênico e eu lembrei-me de uma prenda que ficou no carro de uma amiga para darmos a outra amiga, e a prenda só por acaso é um rolo de papel higiênico de folha tripla em notas de 500 ! e eu saiu-me com "eiiii , se ela não quiser eu fico com ele .. mas se ela quiser, quando puser o rolo na wc que avise que eu vou lá" e ficaram a olhar para mim e eu "então ? nunca experimentei " haha ok , chega ! xb

    ps: caso queiras participar no BLOG ON ficava agradecia que respondesses a algumas perguntinhas neste post : http://pozinho-de-perlimpimpim.blogspot.pt/2014/11/blog-on-projeto-por-as-e-catarina.html

    ResponderEliminar
  19. Tal como eu disse ontem, o silêncio para mim não é grande concelheiro!

    Bjxxx

    ResponderEliminar
  20. A verdade é que a maior parte das pessoas sobrevive mal sozinha, então descobre no silêncio uma companhia. Aquela voz na nossa cabeça que nos aconselha, é o silêncio quando nos tenta embalar.



    ResponderEliminar
  21. Parabéns o teu texto sobre o tema Flores foi o vencedor do mês de Novembro do desafio DAPV :)

    ResponderEliminar
  22. r: Sim, não há nada que não tenho problemas. É o que dá equilíbrio às coisas!
    Está bem, está bem.
    Segue então lá, porque facebook do blog ainda não existe. xD

    ResponderEliminar
  23. Também gosto do silêncio...aliás, preciso dele para pensar, reflectir, colocar as ideias em ordem... Gosto de escutar o meu próprio silêncio num mundo tão repleto de barulhos...

    ResponderEliminar
  24. Mais um texto fabuloso, no silêncio é possível dizer tantas palavras...

    http://ummarderecordacoes.blogs.sapo.pt/

    ResponderEliminar
  25. Mais uma vez identifiquei-me imenso contigo.
    Adoro a forma como escreves, contínua assim (: beijinhos

    ResponderEliminar
  26. O silêncio sempre se faz necessário em meus piores momentos...Identifico-me com o teu texto...=)

    ResponderEliminar

Deixa a tua opinião, é sempre bem-vinda.