sábado, 1 de novembro de 2014

Silêncio por vezes não é solução

Estava eu no facebook quando dei por está noticia que a minha prima partilhou, e sendo eu uma pessoa bastante curiosa fui ver, e decidi partilhar aqui no blog.
Uma mulher nos Estados Unidos que era vítima de violência doméstica, ligou para serviços de emergência para pedir uma pizza. Ao inicio parecia uma brincadeira como muitos costumam fazer, mas na realidade foi a única solução da mulher ligar para a policia e pedir ajuda. Eu pessoalmente fiquei admirado com a sua coragem, e admiro as mulheres tanto como homens que também sofrem com isto, e façam algo para superar esse medo e parar com isso, em vez de permanecer no silêncio.

Eis a conversa:
"- 911, qual é a sua emergência?
- Rua Marie, 13.
- Ok, o que está a acontecer ai?
- Eu gostaria de pedir uma pizza.
- A senhora ligou para o serviço de emergência.
- Sim, eu sei. Quero uma pizza grande, meia pepperoni, meia cogumelo com pimento.
- Desculpe, você sabe que ligou para o 911, certo?
- Sim, sabe quanto tempo vai demorar?
- Ok, está tudo bem ai? A senhora está em uma emergência?
- Sim, estou.
- E não pode falar porque tem alguém ao seu lado?
- Correto. Sabe quanto tempo vai demorar?
- Tenho um policia há cerca de dois quilómetros da sua casa. Há alguma arma em casa?
- Não, até logo e obrigada."

O silêncio não é solução, e essas pessoas não merecerem sofrer nas mãos de outros.

47 comentários:

  1. É pena é que hoje em dia nem todas as mulheres tenham coragem para denunciar estes casos (mulheres ou homens, porque infelizmente também há ao contrário) :(

    ResponderEliminar
  2. Ninguém merece esse inferno. O pior é que às vezes o medo é mais forte do que a coragem para nos livrarmos dessa situação.

    ResponderEliminar
  3. Muita coragem essa senhora. A violência doméstica é complicada. R: obrigada, beijinhos :)

    ResponderEliminar
  4. Li isto e achei «genial». Mas, da mesma maneira que protegia uma mulher de um homem, também protegia um homem de uma mulher.
    Quem pratica essas atitudes que reze a Deus de não as praticar à minha frente...

    ResponderEliminar
  5. A senhora foi bastante inteligente e provavelmente este telefonema salvou-lhe a vida!

    ResponderEliminar
  6. r: Muito obrigado! Um bom mês para ti também :)

    Também vi esta notícia no facebook e fiquei sem palavras. Foi uma atitude de louvar por parte da pessoa que atendeu o telefonema... soube entender as entrelinhas da conversa. Quanto mais pessoas lutarem contra a violência doméstica, menor será o silêncio.

    ResponderEliminar
  7. Acho também admirável a forma como o serviço de emergência respondeu. Podia perfeitamente ter desligado a chamada, pensando que se tratava de uma brincadeira (como as muitas que acontecem), mas aperceberam-se.

    ResponderEliminar
  8. R: Eu também acho que não, algo ainda há-de haver, quando eu soube fiquei assustada por isso limito-me a minimizar o assunto para não ficar assustada!
    Pois não, detesto mesmo!
    Hahah dava se tivesse força, eu não tenho força para isso, mas agora lembraste-me que eu via o wrestling em pequena e gostava xD
    Pois não, às vezes a mente é a pior coisa, eu andei anos para andar naquilo mas tinha medo agora quero andar todos os anos! Hahah, levas tu e mais nada!
    Oh eu só sei lá, sempre que estou divertida sou assim, sai-me coisas que nem lembrar ao menino jesus xD

    ResponderEliminar
  9. R: Eh, ando a aprender com as filosofias do meu irmão, pelo menos és boa influência xD

    ResponderEliminar
  10. Olha, muito bem pensado!
    Obrigada por seres homem e pensares assim!

    ResponderEliminar
  11. Eu quando li o título da publicação também pensei que era algum "apanhado" e quase estive para não ver. Mas depois fiquei espantada ao ver do que realmente se tratava. Muita coragem da senhora que ligou e muita perspicácia da atendedora das emergências.

    ResponderEliminar
  12. É, completamente assustador, o que estas pessoas passam.

    ResponderEliminar
  13. É verdade que nem toda a gente tem esta coragem

    ResponderEliminar
  14. r: obrigada pela opinião :) é bom saber!

    ResponderEliminar
  15. Não aceitei fica descansado :) E obrigado.

    ResponderEliminar
  16. Sem dúvida, cheia de coragem! E uma boa forma de enganar a predador.

    ResponderEliminar
  17. já tinha visto isto e realmente foi um ato corajoso por parte da mulher! só espero nunca ter de lidar com uma situação destas!

    ResponderEliminar
  18. Se há pessoas que fazem o trabalho delas bem, essa senhora é uma delas. Se fosse outra pessoa a atender provavelmente não se dava ao trabalho de tentar perceber a chamada.

    ResponderEliminar
  19. R: Pois, mas já viste isto vai ter imensas más consequências e depois nós somos uma boa porta de entrada para a Europa e começar a levar tudo à vida, mas eles deviam ter também aliados, não? Eles não vão começar isto sozinho, sabem que vão perder. Eu só sei que não estou mesmo a imaginar nada nem de bom nem de mau, apenas não sei o que é viver em guerra.
    A sério? Que giro, aquilo até tinha a sua piada quando eles entravam e faziam o espectáculo todo xD
    Oh eu sei que sim, mas há medos mais fáceis que outros para vencer! O menino é que é rebelde xD Sim isso pode ser, mas então nada de dar tautau à irmã :p
    Hahah, então não tenho culpa...nem sei a quem saí assim!

    ResponderEliminar
  20. Já tinha lido esta notícia, também através do facebook, e fiquei espantada. Primeiro pela sua coragem em dizer "basta", segundo pela sua agilidade mental, de forma a pensar numa coisa destas, mesmo com o agressor tão próximo dela, fiquei mesmo surpreendida :) em situações como estas a reação mais imediata é o sentimento de medo e só muito depois o raciocínio.

    ResponderEliminar
  21. Teve muita coragem mesmo e uma ideia genial!

    ResponderEliminar
  22. R: Por acaso já gostava deles manito antes :p As minhas bandas são os Linkin Park, Green Day, Muse, Evanescence, One Republic, Imagine Dragons, U2, Maroon 5 e os 30 Seconds to Mars :p
    Espero bem que sim, mas acho que os russos não estão virados para "pacificamente"! O meu favorito era o Batista, lembro-me do Rey Mysterio, Hunder Taken e do John Cena, também gostava da entrada do Hunder Take porque ele era muito sinistro xD
    Eh vamos lá ver, acho que o mais dificil vai ser o de avião e de estar em sítios apertados tal como elevadores ou assim. Eu não consigo estar em saunas onde normalmente se deve relaxar xD
    Não sou não, o menino é que é, rebelde xD Ai é? E eu dou ao irmão quando ele se portar mal, assim está bom?
    Oh devo ser mais ou menos isso, obrigada, eu até gosto de ser assim, agora não façam clonagem comigo por favor! xD

    ResponderEliminar
  23. Coragem mesmo!
    Admira-me é a calma que foi capaz de manter naquela situação
    Acho muito bem que denunciem este tipo de actos à policia

    ResponderEliminar
  24. Uma coragem imensa e nestes casos a suposta "vítima" têm um força extrema e uma verdadeira coragem.
    bjs

    ResponderEliminar
  25. Foi um ato muito corajoso...
    É pena muitas das mulheres hoje em dia não a terem!

    ResponderEliminar
  26. Já tinha ouvido falar dessa notícia, mas ao ler o diálogo senti-me mesmo pequenina com a coragem dessa mulher!

    ResponderEliminar
  27. Que corajosa, e ainda bem que o foi.

    ResponderEliminar
  28. Infelizmente a violência doméstica é uma realidade bem presente na sociedade de hoje.

    ResponderEliminar
  29. Vi também no facebook. Arrepiante ! O silêncio não é mesmo solução..

    ResponderEliminar
  30. Ora cá estou de novo :)
    Só para informar que o meu blog já passou a privado e o convite para continuares a poder ler o que escrevo foi enviado para o mail que me deste.
    O link também mudou: http://a-culpa-nao-e-das-estrelas.blogspot.pt
    Aguardo a tua visita :D
    Beijinhos
    (Caso haja problemas em acederes ao meu blog diz alguma coisa: blog.da.rita13@gmail.com)

    ResponderEliminar
  31. Ela foi mesmo corajosa, e um exemplo a seguir para outras mulheres :))

    ResponderEliminar
  32. Uau! Nunca tinha ouvido esta história e é incrível, oxalá muitas mulheres lhe sigam o exemplo. Ficar em silêncio não é mesmo solução!

    ResponderEliminar
  33. Ohh, Pedro, que história, hein? Nestes casos, o silêncio é a pior opção!!

    Beijoo'os

    ResponderEliminar
  34. duvido que aqui em portugal percebessem :/

    r: obrigadaaa :D

    ResponderEliminar
  35. Que grande ato de coragem, até fiquei arrepiada.

    ResponderEliminar
  36. Hoje mesmo ia fazer um post sobre essa noticia. Felizmente a policia teve a sensibilidade de perceber o que se passava.

    ResponderEliminar
  37. Esta notícia deu-me muito que pensar... Sempre tive o cuidado de tentar pensar em algo que me pudesse proteger numa situação deste tipo mas nunca me tinha ocorrido nada do género. A vítima foi muito perspicaz e teve a sorte de ter do outro lado alguém igualmente perspicaz :)

    *

    ResponderEliminar
  38. Ainda bem que conseguiram perceber que era uma emergência.

    ResponderEliminar
  39. também vi no Facebook. achei fantástico!

    ResponderEliminar

Deixa a tua opinião, é sempre bem-vinda.