terça-feira, 20 de janeiro de 2015

À luz das velas...

Está uma noite agitada hoje. Os relâmpagos iluminam o escuro da noite, ouve-se a chuva a bater na persiana e o constante assobio do vento. São quase onze horas, e estamos nós deitados na nossa cama agarrados um ao outro à luz das velas. Olho para ti com uma intensidade que jamais olhei para alguém, e o desejo de beijar-te é enorme. Aproximo-me, e os nossos lábios tocam-se. As línguas voltam a reencontrar-se e o nosso sabor misturado é reconhecido. Enquanto nos beijámos eu percorro o teu corpo, mas faço-te arrepiar com suave toque da minha mão. Começas a subir para cima de mim, e cada vez que as nossas línguas tocam-se, a vontade de nos termos um ao outro é mais forte. 
Dou por mim a desapertar a tua camisa, botão a botão, e sorriu do teu delicado ferrar lábios. Tiras lentamente a tua camisa, e voltas a colocar as tuas mãos mornas na minha cara para me beijares. Ponho a minha mão no teu peito, subo até ao teu pescoço, e beijo-o. Sinto o teu cheiro, o teu tremer miudinho, e sei que gostas quando faço isto. Viramos, e agora és tu quem fica deitada. É a minha vez de tirar a camisola, paro, olho para para ti, e vejo esse teu olhar provocador. Ao deitar-me sinto o teu calor a tentar puxar pelo meu, sei entender quando queres que consuma-te. 
Começo a descer o teu corpo com beijos lentos e suaves. Com o tocar húmido dos meus lábios sinto o arrepio da pele, e reparo no teu enorme desejo de quereres que eu continue a descer. Chego ao teu ponto, e toco nele com os meus lábios. Vejo de que gostas do que faço, ouço o teu baixo gemer para eu não parar. Sinto na forma como agarras o meu cabelo entre os teus dedos, e como encolheste. Olho para ti e vejo o prazer que estás a ter e do quanto queres que eu continue a fazê-lo. Mas acho que chegou a altura de subir e molhar esses teus lábios, parecerem estar secos. Sussurro ao teu ouvido o quanto desejo-te, o quanto quero-te. Já tu suspiras a pedir delicadamente para por dentro de ti. Ao fazê-lo, arranhas e deixas as marcas das tuas unhas nas minhas costas. Este é o nosso momento, o mundo deixou de existir, apenas existe uma hora, a nossa. Está hora que nos une, nesta paixão, neste sexo ardente. 
Terminámos com um beijo, e a luz das das velas. Foi assim que celebramos os nossos onze meses de relação, com uma noite agitada lá fora. Nunca foi dito um amo-te entre nós, acho que não faz sentido. Ou talvez faça, mas no meio do silêncio as palavras parecem ser proibidas. Apenas o meu e o teu gemer, o suor dos nossos corpos, as pernas húmidas por estarem entrelaçadas e o prazer que nos junta à noite é que estão presentes. 
"Ah, quase que me esquecia, eu amo-te." Disse repetitivamente no meu pensamento abraçado a ti.

41 comentários:

  1. Adorei *.*
    Sabes que o "amo-te" raramente é dito entre mim e o meu namorado. Eu acho que é uma palavra que se tornou tão banal que para mim faz sentido dizer outra coisa. Sinto mais. É mais verdadeiro. É um "adoro-te" mas é um "adoro-te" cheio de sentimento.

    ResponderEliminar
  2. Pedro, que descrição deliciosa. Estar num momento assim com quem se ama é encantador. Mas não diga amo-te somente em pensamento, o coração quer morrer nos braços do outro quando se ouve um eu te amo. ;))

    Bjoo'o

    ResponderEliminar
  3. Um "amo-te" sabe sempre bem ouvir, mas é quando o dizemos através de ações que tem maior impacto.
    O texto está fantástico!

    r: Sim, talvez :)
    Beijinhos*

    ResponderEliminar
  4. Está tão lindo este texto ! Os meus sinceros parabéns :)

    Beijinho

    ResponderEliminar
  5. muito bom !

    r: é uma boa plataforma , e já podem encontrar o Ma Petite Lune na categoria de Lifestyle :)

    ResponderEliminar
  6. Ai a luz das velas tao propicias ao love :3
    R:obrigada beijinhhooos ❤️

    ResponderEliminar
  7. r: é mesmo caso para isso ihih ; passa lá .. a plataforma esta recheada de blog's , e eu fiquei toda contente quando vi lá o meu :)

    ResponderEliminar
  8. Fantástico esse texto!
    Os meus parabéns!

    Bjxxx

    ResponderEliminar
  9. Que bonito :) eu e o meu namorado também raramente o dizemos, achamos mais importante os gestos que praticamos do que propriamente as palavras que dizemos. E tens razão, são poucas, mas a verdade é que aqui também existem pessoas que nos querem bem *

    ResponderEliminar
  10. As palavras são bonitas para os ouvidos mas são os gestos que verdadeiramente aquecem o coração! Um ótimo texto, parabéns!

    ResponderEliminar
  11. Simplesmente fantástico, adorei as tuas palavras. Escreves muito :)

    http://ummarderecordacoes.blogs.sapo.pt/

    ResponderEliminar
  12. Tão lindo ! Adorei , escreves mesmo bem :)
    r: Mas eu não quero mais nada do que amizade ..

    ResponderEliminar
  13. Fantástico! Escreves tão bem... espero que sejam muito felizes :)
    R: Pois, algumas :p

    ResponderEliminar
  14. eu ando mesmo sensivel, está visto... a prova disso é que, ler este texto me deixou de lágrimas nos olhos ao relembrar tantos momentos dos quais tanta falta sinto nesta vida de estudante trabalhadora... obrigada Pedro, agora pareço uma ranhosa com vontade de chorar u.u sou tão def, estas tu a pensar xD

    PS. QUE SAUDADES!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!! desculpa a ausência...
    r: eu sei que sim... obrigada <3

    ResponderEliminar
  15. Uma bela história, sem dúvida. Escreves bem, sobre tudo ;)

    ResponderEliminar
  16. Há já algum tempo que não escrevias assim... está lindo.
    r: obg por me enviares o nome da música
    Bj

    ResponderEliminar
  17. Bom texto
    r: A questão é qual das pontas? ahah
    Beijinhos,Tânia

    ResponderEliminar
  18. Esse texto é mesmo bonito, gostei mesmo muito!

    Bjxxx

    ResponderEliminar
  19. R: Tem mesmo de ser... Obrigada :) beijinhos

    ResponderEliminar
  20. Obrigada pelo comentario!
    Gostei da forma como escreves :)

    http://trapeziovermelho.blogspot.pt

    ResponderEliminar
  21. r: Muito obrigada, Pedro! És um querido! ♥

    ResponderEliminar
  22. Que belo texto! Conseguiste envolver-nos nas tuas palavras!

    ResponderEliminar
  23. Mesmo safado <3
    R: Eu sei que sim, como eu estarei para te ajudar a ti! E tu também, mesmo perfeito <3

    ResponderEliminar
  24. Que texto maravilhoso! Muitos parabéns!

    ResponderEliminar

Deixa a tua opinião, é sempre bem-vinda.